Floresta Plantada: alternativas para a matéria-prima são apresentadas em cursos do Senar/MS

15/03/2019

Floresta Plantada: alternativas para a matéria-prima são apresentadas em cursos do Senar/MS

Mato Grosso do Sul é exemplo de crescimento planejado do setor florestal. Desde 2009 a atividade ganhou um grande impulso no estado. De acordo com a Unidade Técnica do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, o setor tem taxa anual de crescimento da área plantada superior a 20%.

O assunto da semana é floresta plantada, o Sistema Famasul tem muito para falar da educação no campo com os cursos oferecidos pelo Senar/MS.

De forma estratégica, atendendo a demanda do produtor rural e pensando na prospecção da silvicultura, em um ano o Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural lançou 18 novos cursos de Formação Profissional Rural que capacitam trabalhadores para este setor e, consequentemente, promovem o desenvolvimento das florestas plantadas no estado.

Para o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, as capacitações proporcionam o desenvolvimento desse segmento produtivo. “Além do número de capacitações que forma um ciclo de aprendizado, também consideramos a qualidade das informações compartilhadas. O segmento florestal tem intensificado a utilização de estratégias e tecnologias que elevam o patamar de importância da atividade em vários municípios, oferecendo novas alternativas de aproveitamento, chamada de multiuso da matéria-prima, que vai muito além da celulose, como por exemplo a produção de madeira, carvão, postes, entre outros”.

‘Cultivo de Eucalipto’ é um dos cursos oferecidos gratuitamente pela instituição. A capacitação tem duração de 24 horas e conteúdo distribuído em três dias e turma de até 15 alunos. “Os participantes recebem conceitos do plantio à colheita. Antes de plantar a primeira árvore é preciso saber qual a finalidade da produção, para então escolher a melhor espécie. Pelo menos um ano antes de iniciar neste ramo, sugerimos que os interessados façam o ‘Controle de Formigas Cortadeiras’, a principal vilã das mudas de eucalipto”, comenta o instrutor Ramiro Juliano.

Entre as capacitações tem ainda o Inventário, Poda e Desbaste em Cultivo Florestal; Prevenção e Combate a Incêndios Florestais; Recomposição de Vegetação Ciliar, além dos outros como Operador e Mecânico de Tratores, Segurança no Trabalho e Produção de Mudas.

Quer entender melhor sobre Mercado Agropecuário? Acesse https://bit.ly/2F4knYs

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Ellen Albuquerque


Voltar

Programas e Projetos


Mais projetos

Facebook


Instagram


Siga-nos no Instagram!

Twitter

Siga-nos no Twitter!