ATeG Piscicultura


ATeG Piscicultura

A atividade de Piscicultura está mudando gradativamente o cenário produtivo nacional e regional, comprovado por números divulgados no levantamento da Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR) posicionando Mato Grosso do Sul na lista dos 10 Estados que mais produziram peixes em cativeiro (tanque rede ou escavado – dados de 2016).

Comprometido com a proposta de estimular a piscicultura comercial e oferecer ao produtor rural, uma alternativa de diversificação da renda na propriedade rural, o SENAR/MS deu início, em 2014, ao programa de ATeG – Assistência Técnica e Gerencial Piscicultura, o qual objetiva aumentar a renda da atividade e elevar o capital de conhecimento dos produtores. Através de visitas mensais, os técnicos de campo orientam sobre adequações tecnológicas e gerenciais, acompanham a evolução da atividade através de indicadores produtivos e econômicos, estimulam o desenvolvimento do capital de conhecimento do piscicultor, e ainda contribuem para a organização da cadeia em diferentes regiões do Estado.

Em Mato Grosso do Sul, os municípios com maior concentração de produção encontram-se na microrregião de Dourados, devido à potencialidade hidrográfica diferenciada das demais regiões do Estado, e por contar com outro aspecto positivo: a capacidade instalada de tanques, estimada em 800 hectares de lâmina d’água. Neste contexto, o SENAR/MS atendeu em 2016 oitenta produtores, e para 2017, a meta é ampliar o atendimento em 60%, em função de novas áreas de expansão da atividade, como a região do bolsão, e das demandas recebidas do setor, por meio dos Sindicatos Rurais.


Voltar

Programas e Projetos


Mais projetos

Facebook


Instagram


Siga-nos no Instagram!

Twitter

Siga-nos no Twitter!