Técnicos do Senar/MS visitam principais centros de estudos em pecuária de corte em SP

Equipes do Mais Inovação e ABC Cerrado acompanham pesquisas na Unesp, APTA e Esalq

27/09/2018

Técnicos do Senar/MS visitam principais centros de estudos em pecuária de corte em SP

Os técnicos do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, responsáveis pelas ações dos programas  Mais Inovação e ABC Cerrado, vertentes de assistência técnica e gerencial – ATEG, estão, durante essa semana, fazendo visitas técnicas aos principais centros de estudo em pecuária de corte do país: APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios; Esalq/USP - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo, e a Unesp - Universidade Estadual Paulista , localizados no interior do estado de São Paulo.

No campus da Unesp em Jaboticabal, a equipe conheceu as pesquisas de adubação em pastejo rotacionado e níveis de suplementação. Já no polo regional da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios no município de Colina, aos profissionais foram apresentados os conceitos do Boi 777, conhecimento de confinamento tradicional e confinamento a pasto.

“Visitamos quatro centros de pesquisa, onde adquirimos grande conhecimento das últimas tecnologias de ponta para pecuária de corte, com temas que nos deparamos todos os dias nas propriedades assistidas”, afirma o coordenador do programa Mais Inovação, Nivaldo Passos.

Para Passos o intercâmbio é muito importante porque, além de atualizar a equipe técnica, as inovações criadas pelos centros de pesquisas serão replicadas a campo, fazendo do Mais Inovação uma ponte para transferir o conhecimento das pesquisas aos produtores.

“São informações claras, com dados econômicos, que aumentam nosso embasamento na hora de implantar as tecnologias junto aos assistidos”, frisa.

Na passagem pelo campus da USP em Pirassununga, o assunto foi o manejo reprodutivo. “Grande parte dos produtores assistidos trabalham com cria, e essa visita foi essencial para o alinhamento dos conceitos básicos na tomada decisão para implantação de tecnologias de reprodução”, aponta Passos.

Nessa quinta-feira  (27) a caravana da ATeG do Senar/MS passará pela Esalq de Piracicaba para conhecer pesquisas sobre confinamento e pastejo rotacionado.

Fonte: Assessoria de Comunicação Sistema Famasul - Rodrigo Corrêa


Voltar

Programas e Projetos


Mais projetos

Facebook


Instagram


Siga-nos no Instagram!

Twitter

Siga-nos no Twitter!