Skip directly to content

Programas e Projetos Especiais

Agricultura de Precisão

A AP (Agricultura de Precisão) consiste em um Sistema de Gerenciamento da propriedade, através do uso de tecnologias, ferramentas e procedimentos, baseados nas informações coletadas pontualmente no campo. Seus fundamentos podem ser empregados no dia-a-dia através do controle e organização das atividades da propriedade.

Aumentar a produtividade, reduzir custos, otimizar o uso de máquinas e equipamentos evitando desperdícios e diminuindo os impactos ambientais, são alguns dos benefícios que a AP proporciona.

 Agrinho

Para mostrar às crianças e jovens, estudantes do 1° ao 9° ano, a importância do meio rural para o desenvolvimento econômico e social, do estado e do país, o Senar/MS adotou o Agrinho, programa de responsabilidade social desenvolvido em parceria com as secretarias estadual e municipais de Educação.

A iniciativa trabalha nas escolas desenvolvendo proposta pedagógica com base na interdisciplinaridade e na pedagogia da pesquisa, através de material didático próprio, abordando temas relacionados à ética, cidadania, saúde, alimentação, desenvolvimento sustentável e produção de alimentos, com enfoque na preservação ambiental. Nascido há 20 anos no Paraná, o Agrinho é um caso de sucesso que alcança em média um milhão de estudantes por ano no Estado vizinho.

Cadec Brasil

A Cadec é uma comissão para acompanhamento, desenvolvimento e conciliação da integração formada por representantes dos produtores e da indústria. Um dos objetivos das Cadecs é promover a transparência na relação contratual. Nas Cadecs são discutidos todos os assuntos importantes que afetam os produtores integrados e a integradora e as decisões devem refletir o consenso.

O programa Cadec Brasil é um conjunto de soluções para os produtores integrados de aves e suínos, que tem como principais objetivos:

1. Distribuição justa dos resultados da integração;

2. Diminuição da assimetria informacional que predomina no setor;

3. Equilíbrio de forças nas negociações entre produtores integrados e agroindústria;

Empreendedor Rural

O Empreendedor Rural aborda e trabalha a gestão da propriedade rural e o empreendedorismo das pessoas do meio rural. Estimula o debate e a formação de lideranças. Ensina a calcular custos do processo produtivo e a elaborar projetos para que os produtores rurais passem a administrar suas propriedades com eficiência, como verdadeiras empresas.

O programa Empreendedor Rural é desenvolvido em 136 horas, mesclando conteúdos técnicos de gestão e elaboração de projetos com conteúdo importantes de desenvolvimento humano, sucessão familiar, aspectos jurídicos relacionados à propriedade entre outros.

A elaboração do projeto no final do Programa norteia o produtor rural participante para melhor administrar sua empresa rural, implantando uma nova atividade, ampliando as atividades já existentes, garantindo uma maior rentabilidade e sustentabilidade e, assim, melhorando a qualidade de vida

Inclusão Digital Rural

O programa Inclusão Digital Rural abre oportunidades de crescimento a homens e mulheres do campo, com capacitações sobre o uso adequado e eficiente de tecnologias, como o computador e internet. Com duração de 16 horas, os cursos de inclusão digital ensinam noções básicas de informática, como criar um e-mail e como navegar no site do Sistema CNA/SENAR, o Canal do Produtor, que traz, todos os dias, informações importantes para quem trabalha na área rural.

Com isso, o programa tem a finalidade de oportunizar aos produtores rurais, o conhecimento de novas tecnologias para implantar na sua propriedade rural, que certamente terão reflexos no aumento da produtividade, como ferramentas de gestão de propriedades rurais, por exemplo. A qualificação é oferecida com a mobilização dos sindicatos rurais, que formam turmas nos módulos básicos e avançados.

Mulheres em Campo

Com foco no público feminino de Mato Grosso do Sul, o grupo denominado Mulheres em Campo, tem objetivo de elaborar competências de empreendedorismo e gestão, visando o desenvolvimento pessoal e da propriedade rural.

O programa trabalha com os seguintes temas: diagnóstico e empreendedorismo, planejamento, custos de produção, indicadores de viabilidade e comercialização, desenvolvimento pessoal e tópico especial.  Ao final, as participantes têm oportunidade de conhecer um caso de sucesso, por intermédio de uma visita técnica monitorada e coordenada, feita a uma propriedade rural.

Negócio Certo Rural

O programa de curta duração (46 horas) é desenvolvido pelo Senar/MS em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa), o NCR (Negócio Certo Rural) tem como objetivo contribuir para a melhoria da gestão da propriedade rural através da capacitação, como foco no empreendedorismo. O NCR atua orientando e realizando o diagnóstico da propriedade, apresentando a viabilidade do negócio e colaborando para o relacionamento do produtor com o mercado.

Em razão do escopo do programa, o NCR é oferecido para todos os produtores rurais atendidos nas vertentes de ATeG (Assistência Técnica e Gerencial) do Senar/MS, auxiliando na análise diagnóstica da atividade rural.

 Projeto Pingo D’água

O Projeto de ação social, Pingo D’Água, leva atendimento odontológico às comunidades rurais de forma gratuita com utilização de unidades móveis terrestre equipadas com todo aparato de um consultório odontológico convencional.

A ação é desenvolvida em parceria com os Sindicatos Rurais e tem como público-alvo: trabalhadores e produtores rurais e seus familiares em regime de economia familiar.

Saúde do Homem e da Mulher Rural

Com início em 2016, o programa foi desenvolvido para levar atendimento médico gratuito às populações rurais de todo o estado por meio de ações de cidadania, levando especialistas nas áreas de dermatologia, ginecologia e urologia facilitando o acesso à saúde aos moradores da zona mais remotos da zona rural. A iniciativa conta com diversas atividades para os participantes e também realiza consultas, testes rápidos, exames, palestras entre outros.

O Programa Saúde do Homem Rural tem como objetivo gerar oportunidades de educação para a promoção da saúde e prevenção de doenças de homens do meio rural, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida.

O Programa Saúde da Mulher Rural tem como objetivo contribuir para a mudança e melhoria das condições de vida e saúde integral das mulheres do meio rural, com ações de educação em saúde e ampliação do acesso aos serviços disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS), em parceria com Secretarias de Saúde Secretarias de Saúde e prefeituras.

SEJA – Senar Jovem Aprendiz Rural

O SEJA (Senar Jovem Aprendiz Rural) tem por objetivo incluir, capacitar e promover o desenvolvimento profissional de jovens, oportunizando a formação profissional rural em preparar jovens para o mercado de trabalhopor meio de parcerias com empresas que atuam na atividade agropecuária.

Podem participar do Programa de Aprendizagem do Senar/MS, jovens com idade entre 18 anos completos e 24 anos incompletos, que tenham concluído ou estejam cursando o ensino fundamental ou médio. É dada preferência aos jovens de baixa renda e de famílias de trabalhador ou produtor rural.

O programa é realizado em parceria com empresas rurais que se enquadram na legislação no que diz respeito à obrigação de contratação de aprendizes, devendo haver assinatura da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do aprendiz e Contrato de Aprendizagem por tempo determinado, não podendo ultrapassar dois anos.

Além dos conhecimentos teóricos e práticos adquiridos nos cursos, os jovens são estimulados a desenvolver autoestima, criatividade, cidadania, responsabilidade e ética. Os resultados são gratificantes, principalmente que grande parte dos jovens estão descobrindo sua vocação, que pode estar atrelada ou não a sua formação.